Instituto TIM

Tag: Rio de Janeiro

03
nov

AWC 2016: assista à gravação do hangout e tire suas dúvidas sobre as inscrições

O programa Academic Working Capital 2016 está com as inscrições abertas até o dia 23 de novembro. Alunos de graduação das áreas de Engenharia e Ciências Exatas, que estarão matriculados na etapa de execução do Trabalho de Conclusão de Curso em 2016 podem se inscrever.

Para tirar dúvidas sobre a submissão de propostas, o professor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e coordenador acadêmico do programa, Marcos Barretto, participou de um hangout junto com Diogo Dutra, engenheiro mecatrônico e coordenador de conteúdo do programa. Os dois comentaram sobre o formato e a avaliação da inscrição, a importância do vídeo que é preciso enviar junto com a proposta e como deve ser formada a equipe.

“Vamos avaliar três itens principais nas propostas recebidas. Primeiro, qual é o projeto de negócio proposto. Claro que não é para decidir tudo nesse primeiro momento, porque durante o programa vamos conversar mais profundamente sobre ele, mas já precisamos entender qual a solução que esse negócio trará. Depois, analisaremos o tipo de tecnologia que será utilizada, que deve ser profunda e diferente. E por último, os integrantes da equipe que está por trás dessa proposta”, comenta Diogo.

AWC 2016: Inscreva-se aqui

Junto com a inscrição é preciso anexar um vídeo de até três minutos sobre o projeto e a equipe. “Não deixe para enviar sua proposta nos últimos dias, aproveite para gravar o vídeo com calma”, recomenda o professor Marcos Barretto.

“O vídeo precisa mostrar como você se expressa. Nós vamos levar em conta como a equipe encara o empreendedorismo e o assunto do projeto proposto. É ali que a gente quer encontrar uma expressão sobre a vontade de fazer o negócio. Então, foque em coisas que não dá para gente ver na proposta escrita, como seu entusiasmo pelo assunto”, diz Diogo.

Em 2016, poderão se inscrever equipes de universidades do Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Distrito Federal, além de São Paulo e do Rio de Janeiro. A única exigência é que a instituição de ensino tenha nota mínima 4 no índice Geral de Cursos (IGC) do Ministério da Educação. Outra mudança neste ano é que somente um dos integrantes do grupo precisará estar matriculado na etapa de execução do TCC nas áreas de Engenharias e Ciências Exatas (no ano passado eram dois).

01
set

Inscrições abertas para AWC 2016

O programa Academic Working Capital já está com as inscrições abertas para a edição de 2016. Estudantes de graduação em Engenharia e Ciências Exatas poderão inscrever seus projetos de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) até 23 de novembro. Os selecionados receberão apoio financeiro, técnico e de negócios para abrir sua própria empresa. Em 2016, o programa continuará investindo em projetos que visem a criação de novas empresas de base tecnológica por estudantes universitários.

A segunda edição de Academic Working Capital terá novidades, a começar pela duração: ao invés de um semestre, o programa será realizado durante todo o ano. “Teremos muito mais espaço para o aprendizado, para realizar testes de engenharia e com o usuário, o que vai oferecer um grande ganho para o processo”, afirma o engenheiro mecatrônico Diogo Dutra, coordenador de conteúdo do programa. As equipes deverão ter de 2 a 4 membros, sendo que pelo menos um dos integrantes precisa estar matriculado na etapa de execução do TCC nas áreas de Engenharias e Ciências Exatas. O restante do grupo poderá ser de outro semestre de qualquer curso de graduação.

Além de São Paulo e do Rio de Janeiro, também poderão se inscrever equipes de universidades do Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Distrito Federal, desde que a instituição tenha nota mínima 4 no índice Geral de Cursos (IGC) do Ministério da Educação. Para o coordenador-executivo de Academic Working Capital, Marcos Barretto, a participação de equipes multidisciplinares e de diferentes localidades trará um grande benefício para os grupos.

“Temos a expectativa de trazer mais ideias e visões diferentes que vão ajudar os próprios alunos, partindo da dinâmica de que todos participem das discussões de seu grupo de projetos. Assim, a gente permite que todos cresçam para além de seu próprio projeto e reflitam de forma ampla sobre os negócios das outras equipes, amplificando o conhecimento”, explica Marcos, que é professor do Departamento de Engenharia Mecatrônica e Sistemas Robóticos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP).

Os participantes da edição de 2015 de AWC estão recebendo acompanhamento à distância dos monitores do programa. O segundo workshop presencial será realizado entre os dias 7 e 10 de dezembro, e os grupos apresentarão seus protótipos a investidores em uma Feira de Investimentos no dia 11 de dezembro. “Está sendo superpositivo. Os grupos que vieram são bastante qualificados. Durante o primeiro workshop eles responderam muito bem aos feedbacks de mercado e conseguiram se adequar aos novos modelos de negócio que estão propondo”, diz Diogo.

Inscreva-se!

03
jun

AWC 2015 abre inscrições para graduandos

As inscrições para participar do programa Academic Working Capital estão abertas. O programa investirá em projetos de estudantes universitários interessados em conceber seu negócio de base tecnológica nas áreas de Engenharias e Ciências Exatas. Alunos de graduação dessas áreas que estejam matriculados na etapa de execução do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) podem se inscrever até o dia 21 de junho. Todas as orientações estão disponíveis aqui no site de Academic Working Capital.

Os grupos participantes devem ter de 2 a 4 membros, sendo que um deles atuará como Coordenador e responderá pela equipe junto à organização do programa. As equipes terão que elaborar uma descrição da proposta e um vídeo de motivação apresentando o projeto e os integrantes. Esse vídeo demonstra o perfil empreendedor do grupo e o diferencial de inovação tecnológica da proposta. Serão aceitas inscrições de alunos de universidades dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo com nota mínima 4 no Índice Geral de Cursos (IGC) do Ministério da Educação.

Os autores dos 40 projetos selecionados receberão apoio financeiro e consultoria para o desenvolvimento de seus protótipos e a estruturação de planos de negócio, e terão a oportunidade de apresentá-los em uma Feira de Investimentos. A coordenação executiva de Academic Working Capital é feita pelo professor Marcos Barretto, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP).

Para mais esclarecimentos, a equipe do programa pode ser contatada no e-mail awc@institutotim.org.br.