Conexões que transformam: saiba tudo o que aconteceu na 8ª Feira de Investimentos AWC 23/24

Um ambiente dinâmico, repleto de ideias e inovações, com mentes jovens prontas para mudar o mundo. Assim foi a Feira de Investimentos da 8ª edição do Academic Working Capital.

 

Foto: Tudo o que vejo

 

Realizada no último dia 17, no Centro de Convenções FAAP (São Paulo), a 8ª Feira de Investimentos AWC 23/24 teve o objetivo de conectar os alunos participantes com potenciais investidores e vivenciar a apresentação de suas iniciativas para o mercado. O evento contou com a participação dos mentores, que acompanharam os estudantes durante toda a trajetória do programa; investidores e representantes do Instituto TIM. A Feira é o último momento para os alunos no percurso didático aprenderem a transformar suas ideias acadêmicas em grandes startups.

 

A Feira iniciou com algumas apresentações, entre elas, a da Ana Carolina Meireles (Gerente sênior de ESG do Instituto TIM) que agradeceu e encorajou os alunos a continuarem seguindo o caminho que desejam. Em seguida, vieram os pitches dos projetos, onde os participantes apresentaram suas ideias para uma banca avaliadora, composta por investidores super qualificados e profissionais da área de empreendedorismo, que também deram dicas e ideias de como os projetos poderiam ser melhorados.

 

Entre os intervalos dos pitches, houve palestras e short talks dinâmicos, com o objetivo de apresentar diferentes conceitos de carreiras e inspirar todos os que estavam presentes. Entre eles, a gestora de Talent Development da TIM, Fernanda Cardoso, falou sobre as oportunidades profissionais dentro da empresa, destacando os valores e propósitos da TIM. O próprio professor Marcos Barretto, coordenador acadêmico do AWC, também deu um pequeno discurso sobre o que foi essa edição do programa. Evidenciando, principalmente, a importância da divulgação de projetos como este. 

 

“É muito gratificante participar de um evento como esse, a energia dos alunos aqui é surreal. Isso daqui muda vidas. Eu sempre fico emocionado porque esse programa muda a vida de muitas pessoas.”

 

Foto: Tudo o que vejo

 

Em seu short talk, Jahiz Cosmas, Business Development Agro da TIM, falou sobre um assunto de extrema importância: tecnologia e agro. Ele apresentou iniciativas da TIM para expandir a internet em regiões agrícolas e destacou como a modernização da agricultura traz diversos benefícios para o produtor e para o meio ambiente.

 

O evento contou também com a presença e palestra do Tiago Espejo, co-founder da empresa Menyoo, que deu uma verdadeira aula sobre a importância da ‘pivotagem’ e de como identificar novas oportunidades. O empresário compartilhou com os alunos a sua experiência na criação de uma startup e como conseguiu dar a volta por cima quando se viu com poucos resultados na empresa. 

 

No decorrer de uma palestra e outra, os protagonistas da feira, os alunos, apresentavam seus protótipos em seus stands e garantiam o networking com profissionais da área. 

 

Durante todo o evento, o sentimento era de gratidão e de dever cumprido por parte de todos. Por um lado, os alunos, por terem conseguido chegar até o final do programa com seus protótipos prontos, e, do outro, os mentores, por verem aquelas pessoas que chegaram com ideias tão diferentes e tão tímidos no primeiro dia do programa, se tornarem verdadeiros empreendedores. 

 

Foto: Tudo o que vejo

 

Assim, conclui-se a edição 2023/2024 do programa, com a Feira de Investimentos da 8ª edição do AWC. Muito mais do que um evento, foi um núcleo de ideias audaciosas que juntas podem mudar a realidade de muitos. Cada um dos participantes, agora, começam a escrever suas histórias com maior recurso para lidarem com os desafios do empreendedorismo.

 

 

 

O Instituto TIM tem como missão criar e potencializar recursos e estratégias para a democratização da ciência, tecnologia e inovação, promovendo o desenvolvimento humano. Define sua atuação em projetos focados em quatro pilares: Ensino (projetos educacionais para crianças e jovens); Aplicações (soluções em software livre); Inclusão (difusão do conhecimento) e Trabalho (novas oportunidades de atuação e capacitação). Em parceria com diversas instituições federais e aproximadamente 70 secretarias municipais e estaduais, como de Educação, Cultura e Planejamento em todo o País, as ações do Instituto TIM já alcançaram cerca de 500 municípios, em todos os 26 estados e Distrito Federal, beneficiando mais de 700 mil pessoas, especialmente, crianças de 6 a 12 anos.